Thursday, October 30, 2008

Licença poética

Texto feito pra aula de Redação Publicitária. Pode ou não ser verdade.

 

      Já ouvi algumas vezes o adjetivo “perfeccionista” ser usado a mim. Nestas ocasiões estava sendo chato, considerado pelos outros, e teimoso, compartilhado por mim, fazendo o que se deveria fazer atentando a detalhes. Ao endereçamento do adjetivo a mim minhas respostas foram “Eu não sou perfeccionista”. Pode parecer contraditório eu negar ao mesmo tempo em que digo que buscava a minúcia.
      Nego pos as palavras possuem significados ora parecidos mas nunca de mesma nuance. As palavras possuindo alma própria, construída por significado, nuance e forma, são capazes até de indicar a percepção de mundo de cada indivíduo. Perfeccionista tem uma aura negativa, evoca a imagem de pessoa preocupada, metódica, por vezes estresada e com a necessidade de que as coisas sejam feitas à sua maneira. Preocupam-me os detalhes, pois me divertem, com eles apenas o cenário é completado. A minúcia é como as nuances das palavras.
      Não sei dizer que vocábulo poderia me descrever, mas sei que precisa apontar o gosto e o apreço em brincar com pormenores e de ser titereiro do grandioso, um “perfeccionista” que não inclua a palavra obsessivo no verbete.

 


Métodos literários e conteúdo comentário sobre benvindo é.

1 comment:

lee said...

esse foi o texto para vendê-lo??

Oo não comprava kkkk
xP