Friday, August 24, 2007

Triste Fim de Policarpo Quaresma

Surely the beat goes on. Mas ele vem beating como costumava? Acho que não. Por volta dos anos 2000, de repente explodia Beyoncè, Jay-Z e mais um monte de badasses. Legal aquela época. Músicas novas e tudo o mais que se quisesse no campo de instant hits. Hiphop e R&B tomavam conta das paradas, se não estavam no primeiro lugar tomavam 90% das listas.

Então o único tipo de música era Hiphop e R&B. Talvez uma ou outra Joss Stone com música "soulada" pra variar e de quebra salvar a pátria saturada, que pelo menos não parecia ter atingido o Coeficiente de Saturabilidade (K). Eu tinha. Comentei várias vezes que o VMA não precisava existir, já que, de verdadeira mesmo, só existia umas categoria: Best Male R&B, Best Male Hiphop, Best Female R&B, Best Female Hiphop.

Ár-end-bí e Rrip-róp, and that's all Folks!


As influências dessa época são vistas até hoje. Na verdade época mais insuportável aquela. Só ligar o radinho de pilha e/ou a tvleesão e já se ouvia os ritmos guetizados. Pois bem, Madonna gravou um single uó! R&B-zado até dizer chega.

Madonna - Goes On


Sim, a música legal. Sim, eu disse que ela era uó. Sim, ela é uó. Não no sentido mais básico, primitivo e óbvio deste verbete que é tão necessário. Catchy, mas ruim. Toda vez que ouço a música eu gosto no começo e com o passar do tempo vou me enchendo e por fim sinto ânsia. Tudo muito igual ao o resto tudo igual. Um single tem que soar sempre novo em todas as suas audições. Diga uma pessoa que não agüenta mais ouvir Hollywood ou Jump. Estou esperando... Não vale pessoas que odeiam a Madonna!! Agora nomeie pessoas que depois de uns dois meses não enjoaram a ponto de querer ter suas cabeças esmagadas por uma lontra ao ouvir "Xote da Alegria", "Morango do Nordeste", "You are Beautiful" ou "Florentina". Quer dizer... "Florentina" dá nojo depois de 2 minutos.

Here comes the sun...

A música não me parece nada Madonna. Poderia ser de qualquer banda. Qualquer Justin Timberlake ou cantora vou-gravar-o-que-todo-mundo-grava-pra-entrar-no-mercado, não tem nada de powerful ou fuderengo. Nota final: Médio caindo pra recuperação de final de ano. Logo-logo vai ser esquecida.

A outra Policarpo Quaresma: Britney Spears. Fico me pergunatndo até hoje como diabos essa muié ficou loka do edy. Do nada raspa o cabelo e dá guarda-chuvada em paparazzo. O release, nem tão release assim, que caiu na internet mostra uma música sofrível. Em duas formas: parece que Nonô está tendo cólicas e cantando e parece que eu tenho vontade de vomitar. Não sei especificar o que não tem de certo nessa música, só sei que é ruim. Na segunda audição dela ela me pareceu menos horrível, deve ser alguma mensagem subliminar infiltrada nela.

Britney Spears - Baby Boy


E claro, muito depressiva. Nonô deve estar sentindo mêêêsmo a música. Uma coisa eu posso definir bem pra falar mal da música. E essa coisa se chama letra para todo tipo de enjôo. So why did you desert me, baby boy? / I thought that you - you were the one / So if you prefer the other one / She won't bring you the sun

So why do you desert me, baby boy? / I need your love right now / And if you desert me, baby boy / Don't you leave me in your crowd. Acho que essa foto explica tudo, Britney.


Só pra terminar: I'm no grimey ass crítico, mas dou meus pitacos. Digo que falta the evidence of its brilliance nessa música da Madonna, whattcha looking at? e faltou strike a pose. Já à ex-Miss Federline faltou... faltou... faltou juízo. And that's my prerrogative, Ladies and Gentlemen e leitores.

Oyendo trilha sonora de Final Fantasy VII: Advent Children

-------------------------------------

*Acho que tenho problemas. Gostei de Donas de Casa Desesperadas até, mas descobri que fui só eu. Todo lugar falava mal somente. Deve ser algum tipo de Síndrome do Crente, nunca vê tv e quando vê acha muito fantástico.
*Policarpo morreu pelo bem da nação... so have the shitty song to.

3 comments:

Tati said...

Definitivamente, você lê Papel Pobre.

ajhsgfdhafdhafdhfa...


;o***

samya said...

britney é uma vergonha!

samya said...

a questao é que é uma versao brasileira nao uma copia.
=D